Conheça 6 passos para fortalecer o compliance na sua empresa

Você sabe o que significa compliance na empresa? Esse termo é originário do verbo to comply, da língua inglesa. Ele significa algo como agir com uma regra ou instrução interna.

Desse modo, o compliance nas empresas pode ser entendido como um conjunto de regras e normas éticas que devem ser seguidos por todos os colaboradores, que agem em prol de um objetivo em comum.

Para que você saiba como implantar o compliance na empresa, indicaremos 6 passos. Confira!

1. Apresente os benefícios de compliance

A sua empresa precisa ter uma política clara de compliance, que deve ser bem divulgada para os colaboradores.

A ideia é que todos compreendam como essa prática traz benefícios para todos.

Ao entender que eles também serão beneficiados pelo compliance, os funcionários terão maior engajamento com as suas atividades.

2. Convoque a equipe para treinamentos

O compliance relaciona-se diretamente à cultura organizacional e, trata-se de um aspecto que não se dissemina de um dia para outro. Ou seja, é preciso fazer a internalização dos valores.

Convém, portanto, que a organização desenvolva treinamentos com os seus funcionários, para que eles entendam a origem e os motivos de tais regras serem exigidas na empresa.

3. Garanta a execução da excelência

Todos os processos na empresa precisam ser mapeados e os colaboradores têm um papel importante nesse processo. Eles podem contribuir para a identificação de gargalos em suas tarefas cotidianas, por exemplo.

A partir dos dados coletados nesse mapa, devem ser traçadas estratégias para que as atividades possam ser executadas com excelência.

4. Estabeleça indicadores de desempenho

O compliance na empresa precisa ser visto como algo em constante evolução. Desse modo, é preciso que a organização crie indicadores de desempenho, que sejam sempre monitorados.

Esse tipo de programa nunca tem fim e é a partir de metas estipuladas e observação do seu cumprimento que podem ser tomadas decisões mais oportunas para o negócio. Afinal, por meio dos indicadores, é possível saber onde a empresa precisa melhorar.

5. Dê voz a todos

Todos precisam ter voz em um programa de compliance, independentemente da função ou grau hierárquico que ocupa na empresa. É preciso motivar os colaboradores para que eles possam dar ideias, fazer denúncias, sugerir mudanças etc.

Ninguém entende melhor do que se passa em um setor da empresa do que as pessoas que vivenciam o seu dia a dia. Logo, saber ouvir os funcionários é essencial no compliance.

6. Utilize do mapeamento e monitoramento

Ainda com base no mapeamento e monitoramento de dados, o gestor poderá ter subsídios para conseguir estabelecer melhores metas na empresa.

Isso é importante, uma vez que, para surtirem efeito, as metas precisam ter a possibilidade de serem cumpridas, o que não significa que precisam ser fáceis.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre compliance na empresa, execute os nossos passos e coloque-os em prática no seu negócio. Temos certeza de que você colherá resultados positivos!

E, para complementar ainda mais seus conhecimentos na área, não deixe de conferir nosso post sobre a importância do código de conduta ética para um plano de compliance. Vamos lá!

Dê uma nota a este post!
[Nota média: 5]