Carreira de gestão empresarial: veja qual caminho seguir

Escutar o texto
Voiced by Amazon Polly

A carreira de gestão empresarial vem atraindo pessoas que buscam empreender em sua própria área, seja ela qual for, ou mesmo atuar em cargos correlacionados em grandes empresas. Entretanto, para ambos os fins, é importante estar preparado para enfrentar os desafios do dia a dia desse profissional que, convenhamos, não são poucos!

Estamos inseridos em um mercado altamente competitivo, que exige de nós estratégias rápidas e eficientes na tomada de decisões. Para isso, é importante escolher uma boa instituição para se formar. Além da reputação da faculdade no mercado, analisar também a grade curricular do curso, bem como as atividades extras oferecidas e outras oportunidades, ajuda você a fazer uma boa escolha.

Quer entender melhor o passo a passo para essa carreira? Acompanhe nosso artigo abaixo.

Realizar um curso de graduação

O primeiro passo para a formação de todo profissional é o curso de graduação. É claro que algumas pessoas já chegam a essa etapa com conhecimentos prévios, seja por terem frequentado cursos técnicos ou por já estarem, de certa forma, inseridas no mercado de trabalho.

Entretanto, somente uma universidade é capaz de proporcionar todo o conhecimento necessário para atuar com segurança e eficiência. Além disso, estamos falando de uma formação que permite atuar em diversas áreas dentro de uma empresa, além de gerir o seu próprio negócio.

Trabalhar soft e hard skills

Há algum tempo, o que chamamos hoje de hard skills era o principal meio de avaliação de um profissional. Isso envolve os conhecimentos técnicos, como cursos técnicos, universitários e extracurriculares, além da experiência com tais vivências.

Hoje em dia, além desses aspectos, entram em cena também as soft skills, que correspondem à questões mais emocionais, como a capacidade de comunicar-se bem, a proatividade, a resiliência, entre outras características. O mercado de hoje demanda o desenvolvimento de ambos os aspectos.

Introduzir a cultura do feedback

Um bom gestor não é aquele que apenas dá ordens, mas sim alguém que abre espaço para outras ideias e opiniões. Assim, ofereça e peça feedbacks aos seus colaboradores. Tal medida fortalece a comunicação interna, seja em uma grande empresa ou mesmo em um escritório de advocacia, por exemplo. Além disso, desse intercâmbio de ideias, podem surgir inovações que farão toda a diferença para o seu desenvolvimento.

Estabelecer prioridades

Um bom gestor é, antes de mais nada, organizado. Ele desempenha suas tarefas de forma inteligente e eficaz, por mais atividades que tenha para fazer. O primeiro passo para isso é saber estabelecer prioridades. Começar diversas tarefas e não terminar nenhuma só deixará você mais frustrado e ansioso. Assim, o melhor caminho é analisar as reais prioridades e desempenhá-las com responsabilidade.

A carreira de gestão empresarial é, sem dúvidas, promissora. Entretanto, devemos levar em conta também o grande número de profissionais que vem aderindo a ela. É por isso que você precisa desenvolver esses diferenciais de modo a alcançar uma posição de destaque, seja qual for o seu nicho de escolha.

Se este artigo foi útil para você, não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

Previous articleCompliance social: veja as vantagens para a empresa
Next articleQuais as vantagens de implementar um programa de compliance no escritório de advocacia?
A equipe de Redação é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.