Mediação empresarial: entenda o que é e qual a sua importância

Escutar o texto
Voiced by Amazon Polly

Diversos são os problemas que podem pairar no ambiente de trabalho, sejam eles nas relações entre empresa e empregador ou mesmo dentro das equipes. É aí que surge a mediação empresarial, onde entra em cena um terceiro elemento, alguém que conte com a neutralidade necessária para não tomar partido. Seu principal objetivo é estabelecer acordos para a solução do problema instaurado.

Trata-se de uma estratégia que pode ser aplicada tanto em conflitos rotineiros do ambiente empresarial quanto em processos judiciais. O importante é que se chegue a uma alternativa boa para ambas as partes. Além da solução em si, é fundamental que as pessoas se sintam satisfeitas com o que foi acordado.

Quer entender melhor a mediação empresarial? Acompanhe abaixo mais detalhes sobre ela!

Qual a importância da mediação empresarial?

A mediação empresarial é importante para proporcionar um ambiente de trabalho mais agradável e harmonioso para todos os envolvidos.

A satisfação aumenta a produtividade e a motivação dos colaboradores. Assim, mediar conflitos é uma medida que impacta, ainda que indiretamente, nos resultados da empresa. Além disso, se considerarmos processos judiciais, a solução chega de maneira mais rápida e efetiva.

A pessoa que atua como mediador de conflitos normalmente está preparada para possibilitar que os envolvidos resolvam a situação, de maneira positiva para todos. Na mediação, não existe uma parte que “sai perdendo”. Todos ganham com a proposta de uma nova realidade, mais humana e empática.

Como funciona a mediação empresarial?

Imagine um ambiente empresarial no qual “cada um trabalha por si” e as pessoas não conseguem entender que o sucesso de um é o sucesso de todos na equipe. Um ambiente assim certamente será cheio de competição — e não estamos falando da competição saudável, mas daquela danosa, que leva pessoas a prejudicar os colegas de trabalho.

Em um caso como esse, o mediador atuará a partir do diálogo, conscientizando essas pessoas da importância do espírito de equipe para o sucesso de todos. Ele vai ouvir as partes e oferecer ferramentas efetivas para a solução do problema. Isso evita que, por exemplo, em um caso como esse, as pessoas se indisponham a ponto de a “briga” ir para o Judiciário.

Quais as vantagens da mediação empresarial?

A mediação empresarial pode trazer diversas vantagens, como a redução de custos com processos judiciais, uma vez que os conflitos são resolvidos dentro da própria empresa. E não é só isso: ela também pode se aplicar a conflitos que envolvem contratos formais, como problemas entre sócios, por exemplo.

Com isso, as relações são preservadas e mantém-se a ordem no ambiente de trabalho, uma vez que estamos falando em solucionar conflitos assim que eles surgem, não deixando que se estendam. É dessa forma que se cria um ambiente de trabalho mais saudável, evitando até mesmo afastamentos por doenças psicológicas. Com bônus, a mediação ainda ajuda a desonerar o Judiciário.

Como se pode ver, a mediação empresarial é o melhor caminho para a solução de conflitos. Buscar uma especialização nessa área pode ajudar você a trabalhar junto a empresas parceiras como mediador.

Conheça o nosso guia essencial de mediação de conflitos.

Previous articleGestão de compliance: confira 5 erros comuns e como evitá-los
Next articleEntenda como funciona a pré-mediação e qual a sua importância
A equipe de Redação é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.