O Direito como diferencial competitivo em outras áreas

Você deve ser saber que para ser advogado faz-se necessário um curso de direito, certo? Assim como para ser Juíz, Promotor, Defensor Público e Delegado Federal também é necessário ter formação em direito. No entanto, será que o conhecimento jurídico só é útil para essa carreiras?

Ao longo do texto, apresento uma visão geral que mostra como o direito pode ser útil para profissionais de carreiras diversas como:

  1. Assistente Social
  2. Consultor
  3. Empresário
  4. Gestores de Ongs
  5. Políticos

Obviamente, a lista não é exaustiva o ponto é que o conhecimento jurídico pode ajudar alguns profissionais a se destacarem sem que esses tenham que migrar para carreiras tipicamente jurídicas.

O conhecimento jurídico é necessário não apenas para pessoas que advogam ou desejam seguir carreira no judiciário, os operadores do Direito. O conhecimento jurídico serve a todos, inclusive a quem já possui uma formação superior.

Imagine: sua especialidade + o conhecimento jurídico adequado = uma carreira diferenciada.

persos profissionais são envolvidos diariamente no mundo jurídico ou dependem de relações jurídicas para que suas atividades sejam desempenhadas de forma mais efetiva.

O empresário pode vender para o Governo, mas nem sempre tem condições de pagar consultorias em licitações e contratos.

O consultor precisa conhecer o sistema jurídico para ofertar um serviço melhor e mais completo e o contador precisa conhecer muito bem o direito tributário, financeiro, empresarial e civil, pois muitas vezes perde clientes por não saber orientá-los da melhor forma.

Por sua vez, o assistente social precisa conhecer os direitos difusos e o sistema constitucional brasileiro e o gerente do hospital precisa saber de direito constitucional, responsabilidade civil, contratos e direitos difusos.

Já os políticos podem atuar de forma mais eficiente e adequada conhecendo o sistema legal do País e os membros de ONGs nada podem fazer se não conhecerem muito bem a Lei brasileira.

Uma formação jurídica pode abrir portas ao fazer o profissional pensar em novos horizontes e possibilidades dentro de sua área de atuação, inclusive a descoberta de novos nichos ainda não conhecidos ou explorados.

Direito não é apenas para quem quer mudar de profissão/ocupação. A associação do conhecimento jurídico a uma outra especialidade tornará o profissional diferenciado.”

am_cta_ebook12_novocodigocivil-1

Dê uma nota a este post!
[Nota média: 0]