Veja como usar o rapport na solução de conflitos

técnica rapport é utilizada com a finalidade de tornar qualquer negociação mais simples, por ser capaz de criar um maior sentimento de empatia entre as pessoas e, assim, existir menos resistência na relação.

Pode ser muito útil em mediações, negociações e audiências de conciliação, tendo em vista que o profissional possa ganhar a confiança das partes, fazendo com que elas tenham um diálogo aberto e rico em informações que podem auxiliar no processo de autocomposição.

Por ser uma técnica interessante e que pode contribuir bastante nos processos de negociação, mediação e conciliação, tornando a resolução de conflitos mais fácil e harmônica, preparamos este conteúdo para que você possa entender melhor como ela funciona.

Qual é a importância da técnica rapport no processo de Solução de Conflitos?

rapport pode ser usado em vários relacionamentos: profissionais, familiares, afetivos e demais, que envolvem a conciliação e mediação. Isso traz vários benefícios, por exemplo:

  •  promoção do contato inicial entre as partes;
  • construção da confiança entre os envolvidos;
  • instrução sobre o processo;
  • segurança no oferecimento de suporte;
  • aumento do compromisso em relação ao procedimento;
  • liberdade para que as partes enfrentem seus problemas de maneira contextualizada e os vejam como algo natural e que pode ser solucionado etc.

Quando o mediador utiliza essa técnica, as pessoas se sentem mais acolhidas e compreendidas, abrindo um espaço para uma eventual resolução do litígio.

Como a técnica rapport deve ser utilizada?

Existem alguns comportamentos que podem ser essenciais para que ao rapport possa ser aplicado da forma mais adequada. Veja a seguir!

Postura corporal

A postura corporal engloba o jeito de sentar e andar, a velocidade da caminhada e as roupas usadas. Significa, então, a observação de uma pessoa no que outra faz e copiar os movimentos dela de maneira sutil.

Efeitos auditivos

Isso acontece por meio da tentativa de assemelhar-se ao tom da voz da outra pessoa, utilizar a mesma linguagem verbal e seguir o ritmo da fala, além de inserir no vocabulário sotaques, gírias e demais.

Sorriso

É considerado um item universal na técnica rapport. Imagine a seguinte situação: ao longo de uma negociação de uma mercadoria, o vendedor receba o cliente com um semblante fechado.

Provavelmente, o interesse do cliente em adquirir o produto vai diminuir.

Agora, se é atendido por um vendedor simpático, disposto a esclarecer quaisquer dúvidas, naturalmente surge uma empatia, fazendo com que o cliente tenha mais disposição para comprar e, ainda, se torne um consumidor fiel.

Respiração

Uma das maneiras mais eficazes de transparecer para o outro que você está o apoiando é por meio da respiração.

Quando realizada no mesmo ritmo, mostra a compreensão ao que está sendo falado e sentido. No entanto, quando a pessoa apresenta uma respiração fadigada, pode significar que não está confortável naquela situação, gerando um certo afastamento.

Expressão facial

Os movimentos faciais podem indicar alegria, medo, dúvida, surpresa, raiva, entre outros sentimentos.

E isso pode ser realizado por meio de pequenos gestos, como erguendo a sobrancelha, movendo os olhos enquanto escuta o que o outro fala ou balançando a cabeça.

É muito importante que essa técnica seja usada com respeito, tendo em vista que o contrário, pode representar apenas uma imitação ineficaz, trazendo consequências negativas.

O rapport é uma tendência que veio com o intuito de possibilitar a solução de conflitos de forma ágil e econômica. Porém, para que seus benefícios sejam alcançados, é necessário aplicar bem a técnica, visando sempre se basear nos valores e princípio éticos.

Agora que você já sabe o que é o rapport, aproveite e conheça outras técnicas que vão te ajudar a fazer mediação de conflitos!

Dê uma nota a este post!
[Nota média: 5]