Entenda a importância de ter uma qualificação profissional na advocacia

Escutar o texto
Voiced by Amazon Polly

Você acha que se formou em Direito em uma boa instituição, fez uma especialização na sua área e está pronto para atuar no mercado por anos? Na verdade, ter uma base educacional sólida é mesmo fundamental nessa área, mas é preciso apostar constantemente na qualificação profissional na advocacia.

Afinal, trata-se de uma área que está em constante transformação, bem como a sociedade a quem ela rege. Se você já trabalha com Direito, independentemente do ramo, já percebeu que conhecer as leis, as jurisprudências e demais fatores relacionados é essencial, mas também é preciso estar atento às mudanças.

Para compreender por que se qualificar na advocacia é tão importante e ainda conferir algumas dicas de como fazer isso, acompanhe este artigo.

Por que investir na qualificação profissional na advocacia?

Leis são modificadas, novos casos e problemáticas surgem constantemente e, até mesmo, outros segmentos do Direito despontam no mercado e ganham muita importância, como o Direito Ambiental, o Direito Digital ou o Direito da Infraestrutura, entre tantos outros que estão em plena expansão e são bastante promissores para os profissionais.

Além do próprio conhecimento técnico em si, uma boa qualificação vai ajudar na sua própria postura como advogado, orientando como oferecer um trabalho com mais qualidade e de acordo com as expectativas dos clientes atuais.

Por fim, manter-se atualizado é uma excelente forma de se destacar da concorrência, independentemente da sua área de atuação. Na sua própria cidade, por exemplo, com certeza existe aquele escritório de advocacia comandado por profissionais que se formaram há muito tempo, não buscam se atualizar e conseguem novos clientes apenas por causa de networking, já que não tem nada de novo para oferecer.

Como escolher a melhor especialização?

Você já percebeu que buscar uma qualificação é essencial, mas existem muitas opções na palma da mão, literalmente. Além das universidades mais tradicionais, muitas outras instituições oferecem cursos de qualidade, ofertando mestrados, pós-graduações e disciplinas isoladas no modo EAD, com diploma americano.

Para saber por onde começar a sua seleção, considere alguns fatores, como:

  • a área em que você atua e o desejo de continuar nela ou mudar radicalmente;
  • a vontade de obter aperfeiçoamento no que já domina ou buscar novos conhecimentos;
  • as tendências do mercado, avaliando se você busca algo mais promissor, melhores salários etc.;
  • a rotina de trabalho almejada.

Esse último fator, inclusive, merece mais atenção. Hoje em dia, muitos profissionais estão buscando novas formas de trabalho que não exijam a presença no escritório de advocacia ou dentro de uma empresa 40 horas por semana. Saber quais são as suas ambições nesse sentido podem orientar a sua decisão.

Também não esqueça de analisar qual é a sua disponibilidade de tempo e também financeira para se dedicar ao curso pretendido. Se as aulas serão presenciais, você conseguirá estar presente e apto a realizar as atividades por toda a duração do curso? Se for EAD, terá a organização necessária para cumprir com os compromissos da especialização?

Uma qualificação profissional na advocacia é tão possível quanto essencial. Basta que você avalie o seu perfil, onde está e aonde pretende chegar, encontre uma instituição que esteja de acordo com os seus objetivos.

Conheça também sobre precificação de serviços na advocacia.

Previous articleDireito do passageiro na pandemia: o que mudou para quem viaja de avião?
Next articleCompliance social: veja as vantagens para a empresa
A equipe de Redação é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.