11 Motivos para Implantar o Compliance

Implementar um sistema de compliance gera diversas vantagens para as empresas. Conheça as principais.

1. Aumento da satisfação dos colaboradores

Trabalhar em uma organização correta e que cumpre todas as regras é muito mais satisfatório do que atuar em uma instituição que frequentemente desrespeita as normas. Isso porque gera uma sensação de segurança, já que o colaborador sabe que seus direitos serão sempre respeitados. 

Além disso, um bom plano de compliance costuma impactar positivamente todos os procedimentos do negócio, tornando-o mais organizado e interessante para trabalhar.

2. Melhora da reputação da empresa

Nos dias atuais, os clientes estão mais exigentes, principalmente pelo fato de as redes sociais se tornarem verdadeiros tribunais, nos quais é possível encontrar empresas afundando por uma atitude reprovável ter se tornado pública.

Então, é importante ter cuidado ao fazer campanhas de marketing nesses canais. Por exemplo, se a intenção é passar ao consumidor uma imagem sustentável do negócio, é necessário observar se ele realmente se preocupa com o meio ambiente e sua preservação e como isso pode ser identificado nos processos executados.

O programa de compliance, nesse caso, pode ser um grande aliado por assegurar que as normas internas e externas sejam cumpridas adequadamente.

3. Atração e retenção de talentos

Muitas companhias têm um sério problema de rotatividade de colaboradores, gerando perda de tempo e dinheiro.

Quando uma pessoa sai, existe um custo para recrutar um substituto e uma deficiência na produção até que outro profissional seja contratado e treinado.

Quando os colaboradores estão mais motivados, eles não têm motivos para se desligar, reduzindo essa rotatividade. 

Já no caso da captação de novos talentos, isso se deve à melhora na imagem da marca e à satisfação dos empregados, os quais acabam atuando como embaixadores da organização e falando de forma positiva sobre ela para as pessoas próximas.

4. Facilidade na obtenção de recursos

Em áreas e projetos específicos, é possível encontrar parceiros estratégicos em outras empresas que podem significar grandes chances de levar o negócio ao sucesso. 

No momento de analisar os prós e contras do projeto, esse parceiro vai averiguar o passado da instituição e avaliar se vale a pena correr o risco de trabalhar com ela. Nesse caso, o compliance é fundamental para oferecer essa segurança de que o aliado precisa.

5. Aumento da produtividade

A prática de compliance não beneficia apenas os cofres da organização de maneira direta. Quando os trabalhadores de uma empresa conseguem usufruir de processos bem estruturados e de um ambiente laboral saudável e ético, ficam motivados e começam a produzir mais e melhor

Além disso, com os níveis de estresse reduzidos — já que não é preciso se preocupar com problemas de má conduta dos membros da equipe —, os funcionários têm uma melhor qualidade de vida, mantendo um bom rendimento no trabalho.

Ou seja, além da economia de gastos propiciada àqueles que exercem práticas de prevenção, a atuação eficiente dos colaboradores vai gerar resultados ainda mais satisfatórios.

6. Minimização dos riscos jurídicos e financeiros

Com um bom projeto de compliance, a empresa não corre riscos jurídicos — por exemplo, na Justiça do Trabalho ou na Receita Federal, que são órgãos que podem aplicar penalidades pesadas para quem desrespeitar as suas legislações.

Somando esses prejuízos com os danos à reputação da organização, o número de clientes reduz e as dívidas crescem, tornando a recuperação ainda mais difícil.

7. Redução dos custos

Mesmo que seja preciso investir um certo valor para a contratação de um profissional para exercer o compliance, a prevenção é sempre a melhor opção. Isso porque qualquer erro na declaração dos impostos, no pagamento de taxas ou mesmo nos repasses obrigatórios ao poder público pode levar à aplicação de multa com valores bem altos.

8. Impacto positivo no mercado

Quando uma companhia é referência no mercado pela sua forma moral e ética de atuar em várias áreas, ela conquista credibilidade perante outras empresas e até mesmo perante o governo

Isso representa uma maior facilidade na obtenção de empréstimos e financiamentos ou, até mesmo, a possibilidade de ganhos de incentivos, subsídios ou doações.

9. Preservação da Integridade Civil e Criminal

Ao prevenir e minimizar os riscos de condutas não adequadas, o compliance reduz o grau de exposição e responsabilização da alta administração da empresa em relação aos possíveis comportamentos ilegais ou irregulares de sua equipe.

10. Maior vantagem competitiva

A prática de compliance é uma estratégia importante de competitividade e atratividade do negócio, tendo em vista que a sociedade tem se tornado cada vez mais consciente quando o assunto é o consumo ético e sustentável, exigindo das companhias condutas que reflitam esses valores.

11. Aumento da eficiência

Entre os principais fatores que levam ao aumento da eficiência da gestão e do desempenho da empresa estão:

  • redução da incidência de fraudes e desconformidades, que geram desvios de recursos;
  • impedimento de riscos de sanções legais, perda de reputação e prejuízos financeiros;
  • maior acerto nas tomadas de decisões, levando à diminuição do custo operacional.

Conheça o essencial sobre Compliance.

Dê uma nota a este post!
[Nota média: 5]