Advocacia

Ao longo da história da humanidade, sempre existiram conflitos e a Advocacia é parte essencial para a solução de conflitos.

Esse guia vai abordar diversos pontos da advocacia iniciando pelo básico de estudo e educação para uma pessoa ingressar na advocacia até questões de recomendações, tipos de escritórios, etc.

O que é Advocacia?

A Advocacia é uma das funções essenciais à justiça. Os profissionais da advocacia atuam visando o cumprimento da ordem jurídica com a finalidade de garantir direitos e liberdade, bem como intermediando conflitos que envolvendo pessoas físicas, organizações e também o Estado.

O ingresso profissional na advocacia começa com o estudo do direito em curso de nível bacharelado sobe o direito brasileiro.

Faculdade Direito

A pessoa interessada em ingressar na advocacia deve fazer um curso de graduação em faculdades de direito.

A faculdade de direito brasileiro normalmente leva 5 anos de estudos. Ao final do curso a pessoa tem um bacharelado e deverá ser aprovada no Exame da OAB para efetivamente atuar na advocacia.

Atuação Especializada nos Ramos do Direito

Assim como em diversas áreas de serviços profissionais, é interessante e importante que você busque se especializar e ofertar um serviço de maior qualidade de entrega.

Algumas áreas de atuação especializada na advocacia:

  • Direito tributário
  • Direito empresarial
  • Direito penal
  • Direito penal econômico
  • Direito financeiro
  • Direito trabalhista
  • Direito administrativo
  • Direito civil
  • Direito da família e das sucessões
  • Direito previdenciário
  • Direito eleitoral
  • Direito ambiental
  • Direito bancário
  • Direito digital
  • Compliance

A lista não é exaustiva e você pode sub-nichar, escolher um tema dentro de uma dos diversos ramos do direito.

A escolha da área de especialização na advocacia vai facilitar você se destacar dos demais profissionais, bem como ampliará sua capacidade de produzir melhores resultados para seus clientes.

Atuação Profissional no Direito

A carreira do profissional do direito pode ser tanto na Advocacia quando em áreas próximas. Você pode atuar como:

  1. Negociador
  2. Compliance Officer
  3. Procurador da Fazenda Nacional
  4. Analista judiciário
  5. Análista de tribunal de contas
  6. Consultor jurídico
  7. Consultor legislativo
  8. Empreendedor
  9. Professor

Essa lista serve para que você perceba as diversas alternativas de carreiras no direito nas quais você fará constante uso do seu Conhecimento Jurídico.

Você precisa se conhecer bem e escolher seu caminho para ser um Bom Advogado ou seguir alguma outra carreira com excelência profissional.

Em tese, é possível ser bom advogado ou advogada atuando como um único profissional liberal. No entanto, o caminho ideal para crescer mais rápido, com mais sustentabilidade e mais chances de sucesso é atuar em Escritório de Advocacia.

Fundar seu próprio escritório ou ingressar em escritórios como advogado, sócio, funcionário, etc são alternativas disponíveis aos advogados.

Não há um único caminho e cabe a você pensar em qual a melhor e mais adequada alternativa para seu caso.

Seja qual for a sua área de atuação, mantenha-se faça cursos de qualificação profissional e torne-se um profissional de direito sempre atualizado.

Escritório de Advocacia

Normalmente, profissionais da advocacia se organizam e criam um escritório para atuar em conjunto.

O objetivo de criar um escritório pode tanto agregar sócios com conhecimentos e habilidades complementares, ampliar a capacidade de atendimento, adicionar novas áreas de serviço, etc.

Abrir um Escritório de Advocacia

A atuação na advocacia pode ser individual sendo um negócio de uma única pessoa ou você pode abrir um escritório para ampliar a sua marca na advocacia.

É importante ter uma visão geral dos motivos que levam a decidir por abrir, bem como saber como abrir um escritório de advocacia.

Os passos para abrir um escritório de advocacia são:

  1. Realizar inscrição na OAB
  2. Verificar a inexistência de escritório com o mesmo nome
  3. Registrar o contrato social na Junta Comercial e na OAB
  4. Obter o alvará de funcionamento
  5. Respeitar o Estatuto da OAB
  6. Decidir sobre o modelo de tributação

Uma decisão importante é por abrir um escritório de advocacia no começo da carreira ou ingressar em algum escritório quiça em grandes bancas com os escritórios Full Service.

Escritórios Full Service

Os escritórios que fazem o “pacote completo” de serviços jurídicos e soluções de conflitos são chamados de Escritório de Advocacia Full Service.

Ao abrir um Escritório Full Service, tenha em mente que você deverá ter profissionais especializados em diversas áreas para realmente ser considerado um Full Service.

Gestão do Escritório de Advocacia

Você não precisa necessariamente conhecer de gestão, liderança, projetos e estratégia para ter sucesso na advocacia.

O ponto é que alguém no escritório precisa ter tais habilidades e conhecimentos gerenciais e empreendedores. Só não precisa ser você!

O escritório de advocacia é negócio e esse precisa ter:

Você não precisa ser o especialista em gestão, mas é essencial que seu escritório tenha alguém que o faça. Pode ser seu sócio ou pode ser um gestor profissional.

A melhor para opção para gestão da advocacia é ter um profissional com formação em direito e também em gestão. Por exemplo, um dos sócios pode fazer um MBA no estilo americano, mestrado profissional em negócios, ou um mestrado acadêmico em administração.

A Gestão é indispensável para a Expansão do Escritório de Advocacia quiça para sua sobrevivência.

No fim das contas, a boa gestão associada à qualidade dos serviços efetivamente prestados serão a diferença entre a falência e o sucesso do escritório e você e seus sócios precisarão ter os dois, gestão e excelência técnica jurídica, para conquistarem o sucesso do escritório de advocacia.

Evite Erros Comuns

Ao longo das nossas vidas, comentemos muitos erros profissionais e isso nem sempre é ruim.

O problema é cometer erros comuns e facilmente evitáveis, portanto, prepare-se bem para atuar na advocacia e evite os erros mais comuns na advocacia tais como:

  1. Não ter área de atuação definida
  2. Não fidelizar os clientes
  3. Não possuir plano de marketing jurídico
  4. Negligenciar a estrutura do negócio
  5. Não ter uma reserva financeira para o escritório
  6. Ignorar a importância do setor financeiro

Lembrando que o sucesso na advocacia depende de reduzir os erros, manter-se qualificado e preparado e aproveitar as oportunidades.

Atualmente, os métodos adequados de solução de conflitos e as tecnologias no direito são duas áreas essenciais para manter no “radar” dos advogados.

Solução de Conflitos

Mestrado Acadêmico em Solução de Conflitos

A maioria dos graduados ainda acredita que a advocacia e o estudo jurídico deve ser usado somente no Poder Judiciário e isso já mudou.

Tenha a mente aberta para métodos adequados de solução de conflitos e não atue exclusivamente no contencioso judicial.

A exemplo dos Estados Unidos e outros países, o conhecimento Jurídico tem foco em resolver ou mitigar conflitos.

Conflitos podem ser resolvidos por diversos métodos e o importante é você encontrar o método mais adequado para seu caso.

Ao ofertar um serviço ou consultoria sempre pense em resolver o conflito de mais de uma forma, reflita sobre qual das seguintes alternativas é mais adequada:

  1. Negociação
  2. Conciliação
  3. Mediação
  4. Arbitragem
  5. Ação judicial

Conheça mais sobre Solução de Conflitos.

Procure Inspiração

Estudar e acompanhar boas práticas é essencial para ter sucesso e evitar erros comuns. Algumas dicas breves para você levar em conta e procurar inspiração:

  1. Resolva o problema do Cliente
  2. Apresente-se como forma de solucionar ou mitigar conflitos de forma mais ampla
  3. Inspire-se nos melhores advogados e escritório
  4. Tenha conhecimento em gestão ou procure um sócio que tenha conhecimento em gestão e negócios
  5. Procure um diferencial competitivo e saiba que menor preço não é diferencial.

Veja os diferenciais dos maiores escritórios de advocacia.

Gestão de Escritório de Advocacia